Carta do leitor: Bandidos sem medo

Por: Maria António

Caro director do jornal OPAÍS

Os bandidos nos bairros já não respeitam ninguém, perderam mesmo o medo.

Não sei se é mesmo da fome, como costumam a falar algumas pessoas, uns roubam só mesmo por ilusão, querem tirar o que é dos outros, ir vender e fazer banga no bairro.

Os bandidos não têm medo e nem respeito, todos no bairro Mundial sabem quem eles são, mas mesmo assim eles ameaçam as pessoas, são eles que mandam. Mesmo os polícias, se estão sozinhos, nem fazem nada, mesmo a ver os miúdos a desmontar alguém.

Os familiares deles deviam ir fazer queixa na Polícia, mas alguns também comem do que eles roubam. Até de dia roubam. À noite não querem saber se tem gente em casa ou não, entram e roubam. Ainda batem nas pessoas.

Um dia o povo vai começar a fazer justiça por mãos próprias outra vez. Será que nunca mais teremos paz? Já basta a vida que não está fácil, a pessoa tem de lutar muito para ganhar o pão dos filhos, e ainda os bandidos vêm buscar. Isso não pode ser. Tem de acabar. Estamos fartos. O Governo tem de fazer alguma coisa. Pôr luz nas ruas, asfaltar as ruas e pôr mais polícia.

error: Content is protected !!