Aí vem coronavírus: use máscara ou morres!

O título deste artigo faz-me lembrar quando Puto, na década dos anos 70, o filme “ Ai vem Django: pagas ou morres”, que muitos da minha geração tiveram o prazer de assistir nas salas dos cinemas da época dentre eles, São Domingo, São Paulo, Kilumba, N’gola, Afica, Restauradores, Miramar, Tivoli, Atlântico.

“Ai vem Django: pagas ou morres” é um filme italiano de accão, produzido em 1966 e dirigido por Sérgio Curbucci. São principais personagens Franco Nero – no papel de Django, Loredana Nusciak – na figura de Maria, José Bordalocomo General Hugo Rodriguez, e foi filme de lotação esgotada, ou seja, era muito concorrido para quem quisesse ver. Recordo-me que começa assim: “na fronteira entre México e América, Django arrastando consigo um caixão onde dentro estava escondida uma metralhadora, vê Maria amarrada numa árvore por um bando de mexicanos, liderados pelo General Hugo Rodriguez, que são dispersos pelos disparos de Django e salva Maria” e contínua com outros cenários lutas corpo a corpo entre o ‘artista e bandidos’ – que com entusiasmo os espectadores aplaudiam…… Termina com o casamento entre o ‘artista’-Django com a Maria. Aí que saudades daquele tempo.

Relativamente” Ai vem Coronavírus usa máscara ou morres!”, não se trata de filme e muito menos de conflito com uso de armas de fogo entre ‘artista’ e gangues. é um bicho que não salva, mas transmite veneno que pode mata várias Marias. Ao contrário de Django, é invisível, apenas tem um nome horrível chamado CORONAVIRUS, causador da doença COVID – 19. Não têm plateia, o único amigo dele é o DIABO, ambos estão a percorrer o mundo inteiro, ou seja, nos cinco continentes que compõem o Planeta Terra. Lutam principalmente com indivíduos que ficam fora de casa, são inimigos de máscaras, álcool em gel, água, sabão e lixívia, razão pela qual devemos usar e utilizar estes instrumentos de combate.

O amigo do Diabo surgiu no dia 1 de Dezembro de 2019, na cidade chinesa de Wuhan. Diz-se que a mãe dele é uma cobra e o pai é o morcego. No dia 31 de Dezembro do mesmo ano, naquela localidade, o Governo chines anunciou a primeira vítima do BICHO MAU. Não satisfeito pela tragédia causada, saiu da Republica Popular da China e começou a andar pelo Mundo. No dia 11 de Março/2020, já tinha circulado em mais de 187 países e infetado 118 mil pessoas, das quais 4.291 perderam a vida.

A propagação do amigo do Diabo preocupou a Organização Mundial da Saúde (OMS), tendo alertado os habitantes do mundo que a doença causada pelo Bicho Mau constitui uma emergência de Saúde Pública de âmbito internacional e deve ser considerada uma pandemia.

O Bicho chegou a Angola no dia 21 de Março de 2020, causando- nos tristeza por ter morto dois angolanos que tinham muito para dar ao desenvolvimento deste país (que as suas Almas descansem em Paz).

De imediato, o Executivo angolano, na pessoa do titular – Presidente João Gonçalves Lourenço, tomou as devidas precauções (através da promulgação de Decretos), aconselhando a população a ficar em casa, e sermos aliados aos inimigos do Bicho, que são as máscara, álcool em gel, água, sabão, lixívia e lavar as mãos constantemente.

Também fomos advertidos de que o desrespeito as normas estabelecidas não só constitui crime de desobediência, mas também coloca em risco a saúde daquele que desobedecer, porquanto a probabilidade de ser apanhado na via pública pelo bicho mau é iminente. E caso escape, de regresso à casa pode vir acompanhado com o mesmo e consequentemente contaminar a família de casa, os vizinhos e pessoas que cruzarem com o infractor pelo caminho.

Segundo dados do monitoramento da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos da América, até 15 de Maio de 2020, a pandemia Covid-19 desde que foi detectado na China em Dezembro de 2019, matou 304.619 e infectou 4,5 milhões de pessoas em todo mundo. Angola até os últimos dados da Universidade em alusão tinha registado 48 casos positivos, 29 doentes clinicamente estáveis, 17 curados e infelizmente 2 óbitos.

Caro compatriota e pessoas de outras nacionalidades residentes em Angola, os números causados pelo BICHO amigo do DIABO são alarmantes, razão pela qual a nossa sobrevivência e o combate ao Bicho depende apenas de nós. Para tal, devemos ficar em casa.

Cristiano Francisco

Sociólogo e professor universitário

error: Content is protected !!