Boxe carece de mais investimentos

O presidente da Federação Angolana de Boxe (FABOXE), Carlos Luís, disse que a modalidade carece de mais investimentos para atingir os resultados desejados.

O responsável adiantou que é possível os atletas conquistarem medalhas dentro e fora do continente africano, mas é importante haver mais investimentos.

Aliás, Carlos Luís reiterou que muitas já foram conquistadas, porém com esforço redobrado de todos os que lidam com a modalidade.

“É importante haver mais apoios, porque o boxe é uma modalidade que leva sempre a bandeira do país mais longe”, adiantou o presidente da FABOXE.

Em vários torneios da Zona Austral, o boxe angolano tem conquistado várias medalhas, sendo que muitos atletas têm tido uma atitude competitiva positiva. Com o arranque do novo ciclo olímpico 2020/2024, o responsável fez saber que muitos projectos estão em carteira, por isso melhores dias virão em nome do pugilismo. Captar receitas e atrair mais praticantes é um dos objectivos de Carlos Luís, uma vez que a modalidade deve ter condições para se afirmar dentro e fora de Angola.

error: Content is protected !!