Paulo FC do Bengo sem ‘kilapi’ com os atletas

Apesar da crise financeira e económica que o país vive, face à pandemia do Coronavírus “Covid-19”, a equipa das terras do ‘Jacaré Bangão’ não tem dívida com os jogadores. A direcção garantiu que a próxima semana vai começar a ser processado o salário do corrente mês

O secretário-geral do Paulo FC do Bengo, João Manuel, garantiu, ontem, a este jornal que os treinadores, atletas e funcionários da equipa estão com os ordenados em dia.

Mesmo com anulação da Segundona, prova onde o clube procurava o apuramento para o Girabola, Campeonato Nacional de futebol, devido à propagação da COVID-19, Paulo Manuel assegurou que a direcção do clube não deixou de honrar com os seus compromissos.

Segundo o responsável, os jogadores têm família, logo é importante manter este vínculo para não criar transtornos.

“Só falta o salário deste mês. A direcção reuniu-se, via telefone, e foi dito que o dinheiro já está na conta do clube só falta o banco transferir para os jogadores, pois acredito que próxima tudo estará resolvido”, adiantou o dirigente desportivo.

Por outro lado, o responsável da turma representante das terras do ‘Jacaré Bangão’ revelou que o objectivo da direcção para a próxima temporada 2020/2021 é apurar-se para o Girabola.

Para que se concretize esta pretensão, João Manuel admitiu que a equipa técnica poderá contar com os jogadores com mais experiência.

O secretário-geral fez tudo para que aqueles que já actuaram na prova mais importante do calendário da Federação Angolana de Futebol (FAF) sejam os privilegiados.

“Ainda assim, temos escalão de formação, onde há bons jovens com qualidade técnica e táctica que podem reforçar o plantel principal”, apontou.

João Manuel acrescentou que sempre trabalharam para conquistar o título do Campeonato Provincial do Bengo. Por isso, a próxima temporada na vai falhar.

Fundado em 2017, o Paulo FC do Bengo ocupou o quarto lugar da série B da Segundona com dois pontos, prova de acesso à primeira divisão e que foi anulada por força da Covid-19.

leave a reply