Mais de um terço dos angolanos em extrema pobreza, diz estudo

Mais de um terço dos angolanos em extrema pobreza, diz estudo

Mais de 35 por cento dos angolanos ficaram privados de comida, água potável e assistência médica e medicamentosa no ano passado, de acordado com os dados do primeiro inquérito de opinião pública do Afrobarómetro em Angola, a que . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta