Ex-astro da NBA, Patrick Ewing, volta para casa após ser internado com Covid-19

O ex-astro do New York Knicks da NBA, Patrick Ewing, que foi hospitalizado na semana passada após contrair o novo coronavírus, já está em casa em recuperação, informou um dos seus filhos, nesta Segunda-feira.

“O meu pai agora está em casa e está a melhorar. Continuaremos a monitorar os seus sintomas e seguir as directrizes do CDC” (Centros de Controlo e Prevenção de Doenças), disse o jogador de basquete Patrick Ewing Jr. na sua conta no Twitter.

O próprio Ewing, um dos melhores pivots da história da NBA, anunciou no Twitter, na Sexta-feira, que testou positivo para Covid-19 e estava isolado num hospital.

“Ficarei bem e todos sairemos dessa”, disse na mensagem o ex-pivot, nascido na Jamaica há 57 anos.

Por seu lado, o time de basquete da Universidade de Georgetown, do qual Ewing é treinador desde 2017, disse que o ex-astro queria compartilhar publicamente o seu status “para enfatizar que esse vírus pode afectar qualquer pessoa”. Ewing jogou 15 temporadas com os Knicks e, após uma breve passagem por Seattle Supersonics e Orlando Magic, anunciou a sua aposentação em 2002, entrando no Hall of Fame seis anos depois.

Com o uniforme da franquia de Nova York, ele foi 11 vezes All Star e jogou duas finais da NBA, perdendo para o Houston Rockets em 1994 e para o San Antonio Spurs em 1999.

Ele também fez parte do lendário “Dream Team”, a selecção americana que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Barcelona em 1992.

leave a reply