Segundo navio-tanque iraniano entra na Zona Econômica Exclusiva da Venezuela

Segundo navio-tanque iraniano entra na Zona Econômica Exclusiva da Venezuela

O navio-tanque iraniano Fortune atracou, nesta Segunda-feira (25), na refinaria de El Palito, a aproximadamente 120 quilômetros ao oeste de Caracas.

Após a chegada do Fortune, o segundo navio-tanque iraniano, Forest, entrou na Zona Económica Exclusiva da Venezuela no início deste Domingo (24), juntamente com a Marinha venezuelana, já que, segundo informações, a embarcação iraniana estava a ser seguida por um navio norte-americano.

Parabéns ao petroleiro iraniano Forest, o segundo petroleiro dos cinco entrou na Zona Económica Exclusiva da Venezuela! Vida longa ao Irão, vida longa à Venezuela!.

O primeiro dos cinco petroleiros iranianos que transportam um carregamento de combustível para abastecer a Venezuela atracou no porto de El Palito, na parte central da costa do país, segundo dados do portal TankerTrackers.

As imagens de satélite mostram o petroleiro a atracar na refinaria de El Palito com a ajuda de dois rebocadores venezuelanos.

O petroleiro iraniano, Fortune, transportando 43 milhões de litros de gasolina em meados de Março no Porto de Shahid Rajaee, Irão, atracou na doca 2 da refinaria de El Palito, Venezuela, localizada a Oeste da capital Caracas.

“Ao final do Ramadã [o mês santo para os mulçumanos], a chegada do navio Fortune mostra a solidariedade do povo islâmico do Irão com a Venezuela”, afirmou o presidente venezuelano, Nicolás Maduro.

“Em tempos onde o império supremacista pretende impor à força o seu domínio, só a irmandade dos povos livres nos salvará”, ressaltou.

Anteriormente, as autoridades costeiras das Forças Armadas da Venezuela (FANB) deram boasvindas à tripulação do Fortune.

“Em nome do nosso presidente da República Bolivariana da Venezuela, o comandante-chefe das Forças Armadas Nacional Bolivariana, Nicolás Maduro Moros, e de todo o povo venezuelano, agradecemos e apreciamos o apoio recebido da irmã República Islâmica do Irão”, segundo as autoridades costeiras da FANB.

O petroleiro Fortune entrou nas águas territoriais da Venezuela durante a noite de Sábado (23), sendo escoltado por embarcações e aviões do Exército venezuelano, após ameaças norte-americanas de impedir a chegada dos navios iranianos à costa venezuelana.

Espera-se que outros quatro petroleiros – Forest, Petunia, Faxon e Clavel – cheguem à costa venezuelana nos próximos dias.

Os cinco petroleiros transportam um total de 1,53 milhão de barris de gasolina e alquilato para a Venezuela.

“Em nome de Nicolás Maduro e de toda a Venezuela saudamos e damos as boas-vindas aos navios da República Islâmica do Irão […] Esta cooperação energética aponta o desenvolvimento integral em benefício dos povos de ambos os países”, escreveu Tareck El Aissami, ministro do Petróleo venezuelano. A Venezuela regista problemas com o abastecimento de gasolina devido às “medidas unilaterais coercitivas” aplicadas pelos EUA, informou o chanceler venezuelano, Jorge Arreaza.