Federações desportivas recebem “luz verde”

Federações desportivas recebem “luz verde”

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, disse, Segunda-feira, no Centro de Imprensa Aníbal de Melo (CIAM), em Luanda, que as actividades desportivas realizadas por federações e associações devem retomar a 27 deste mês.

Na ocasião do anúncio do estado de calamidade, que entrou em vigor ontem e termina a 9 de Junho, para combater a Covid-19, Adão de Almeida explicou que os jogos oficiais serão disputados à porta fechada, ou seja, sem a presença de adeptos.

O dirigente político acrescentou que a prática desportiva de lazer, nomeadamente as competições realizadas nos bairros, prevê-se a movimentação a partir de 13 de Julho próximo.

Adão de Almeida assegurou que mantém-se a prática desportiva individual e de lazer nos mesmos termos em que vinha sendo desenvolvida no período do estado de emergência.

Ainda assim, o responsável aconselhou as federações e associações a cumprirem com as orientações das autoridades sanitárias. Até ontem, o país tinha registado 71 casos positivos de Covid-19, dos quais quatro óbitos e 18 recuperados.

Deste modo, devido à propagação do novo Coronavírus, que assola o mundo, a Federação Angolana de Futebol (FAF) anulou o Girabola 2019/2020.

O Petro de Luanda liderava o Campeonato Nacional, ao passo que o 1º de Agosto ocupava a segunda posição.

Pelo mesmo motivo, a Federação Angolana de Basquetebol (FAB) cancelou, em definitivo, a competição, onde o Petro de Luanda era o líder. Por sua vez, outras associações e federações suspenderam sem data de retorno as actividades.