Maduro anuncia chegada do 3º petroleiro iraniano à Venezuela

O terceiro dos cinco petroleiros enviados pelo Irão, o Petunia, carregado de gasolina para o país sul-americano, já entrou em águas venezuelanas

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou a chegada do terceiro navio iraniano com gasolina, dos cinco que estão previstos para fornecer combustível ao país sul-americano.

“Quero agradecer mais uma vez ao povo da República Islâmica do Irão, ao governo do presidente Hassan Rouhani, ao líder supremo aiatolá Khamenei, pela sua disponibilidade e coragem, que permitiram que até hoje três navios com gasolina e insumos para a recuperação das refinarias já chegassem à Venezuela”, disse o presidente em comunicado no Palácio Miraflores (sede do governo).

O navio, chamado Petunia, está em águas territoriais venezuelanas, assim como o Fortune e o Forest, que chegaram ao país no Sábado (23) e Domingo (24), respectivamente.

Os outros dois navios, Clavel e Faxon, estão previstos alcançar a Venezuela entre Quarta-feira (27) e a próxima semana.

A Venezuela enfrenta uma grande escassez de combustível, o que tem causado longas filas nos postos de gasolina para poder abastecer os carros.

No dia 14 de Maio, Jorge Arreaza, o ministro das Relações Exteriores, comunicou que os navios que transportam gasolina para a Venezuela estavam a ser perseguidos pelo governo dos Estados Unidos.

Entretanto, três dias depois, o ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, advertiu que Teerão retaliaria se Washington ameaçasse os seus petroleiros a caminho da Venezuela.

Em 3 de Abril, o governo venezuelano anunciou um plano especial de distribuição de gasolina para garantir o abastecimento aos sectores prioritários isentos de quarentena em meio à Covid-19.

error: Content is protected !!