Xi Jinping pede que Exército eleve prontidão de combate e pense em ‘pior cenário’

O presidente da China fez estas declarações numa reunião com os seus militares e pediu para implantar novas formas de treinamento e lidar pronta e efectivamente com todo o tipo de situações complexas

Elevar a preparação de combate e pensar nos piores cenários são as ordens dadas pelo presidente chinês, Xi Jinping, aos militares do país, pedindo para que eles defendam os interesses nacionais, segundo a agência de notícias Xinhua.

O líder chinês formulou estas exigências durante a reunião plenária de delegações do Exército de Libertação Popular e da Polícia Armada do Povo, que decorreu em Pequim.

Xi Jinping afirmou que o Exército deveria buscar novas formas de treinamento e abordar de maneira mais rápida e efectiva todo o tipo de situações complexas para salvaguardar os interesses da soberania nacional, segurança e desenvolvimento. Entretanto, não mencionou um problema específico que representasse ameaça ao país.

Anteriormente, Pequim revelou detalhes do seu orçamento nacional. Este ano, os gastos militares aumentaram em aproximadamente 6,6% com relação ao mesmo período de 2019, segundo a Reuters.

A declaração ocorreu em meio a crescentes dúvidas por parte de outras nações sobre como China está a lidar com a pandemia de coronavírus, que começou em Wuhan, na China continental. As acusações têm partido principalmente dos EUA e seus aliados.

error: Content is protected !!