Activos do BNA crescem na ordem KZ de 3,98 mil milhões

Os activos do Banco Central de Angola situaram-se em 11,04 mil milhões de Kwanzas, em 2019, representando um acréscimo na ordem dos 3,98 mil milhões de Kwanzas, face a 2018.

De acordo com o relatório anual e contas de 2019, a que a Angop teve acesso, em relação ao passivo registou um acréscimo de Kz 3,04 mil milhões (+49,22%) para 9,22 mil milhões de Kwanzas.

Quando aos capitais próprios, o relatório divulgado este mês faz menção que ascendeu a 1,82 mil milhões, um aumento face ao exercício anterior no montante de 939,35 mil milhões (106,09%).

No exercício de 2019, o Banco Central diz ter apurado um resultado positivo no valor de 90,09 mil milhões de Kwanzas, correspondente a um aumento de 384,57% face ao exercício anterior.

O orçamento do exercício económico de 2019 apresentou também um superavit de 336,28 milhões, reflectindo um grau de execução de 54,36% abaixo do estimado, na ordem dos 618,55 mil milhões de Kwanzas.

Ainda de acordo com o relatório anual e contas, as reservas internacionais brutas aumentaram em 6,44% (USD 1,04 milhões) cifrando-se nos USD 17,21 mil milhões em 31 de Dezembro de 2019, quando comparado aos USD 16,17 mil milhões registados em 31 de Dezembro de 2018.

O referido aumento, de acordo com o BNA, é resultado dos ajustamentos efectuados ao regime cambial, desembolsos do Fundo Monetário Internacional (FMI), na ordem dos USD 1,50 mil milhões, emissão de Eurobonds no valor de USD 3,00 mil milhões, em Novembro de 2019, bem como da transferência de USD 1 000 milhões provenientes do Fundo Soberano de Angola (FSDEA), em Agosto de 2019, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

error: Content is protected !!