Editorial: Crianças em casa

Editorial: Crianças em casa

O Dia da Criança é comemorado de forma diferente este ano. Nada de saídas, festas na escola, corridas nos parques, cinema, teatro infantil. Nada de beijinhos e abraços. Mas tem de ser com o amor de sempre, mais ainda, porque as crianças hoje ficam em casa, para a sua própria protecção,

Há muitas formas de saudar a data, porém, com a leitura de histórias, falando um pouco mais sobre a doença que lhes tirou o espaço de brincadeira, sobre a importância da família, do carinho, dos amigos. Sobre valores. Sobre o futuro também. Há compromissos dos adultos para as proteger, alimentar, educar.

Há os famosos onze compromissos, é bom falar com elas sobre cada um destes compromissos.

O dia de hoje é também o dia certo para os adultos pensarem um pouco mais sobre o que fazem para que as crianças sejam felizes, mas sobretudo sobre o que ainda têm que fazer para lhes iluminar o sorriso.