Congo declara nova epidemia de Ébola

A República Democrática do Congo declarou, Segunda-feira, uma nova epidemia de Ébola na cidade ocidental de Mbandaka, a mais de 1.000 Km do local de um surto contínuo do mesmo vírus mortal no Leste da RDC.

O ministro congolês da Saúde, Eteni Longondo, disse que quatro pessoas que morreram em Mbandaka foram confirmadas como casos positivos, após testes realizados no laboratório biomédico nacional na capital Kinshasa.

“Temos uma nova epidemia de  Ébola em Mbandaka”, disse Longondo aos repórteres. “Vamos enviar rapidamente a vacina e o medicamento”.

O surto foi confirmado pelo director-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, que twittou: “Este surto é um lembrete de que # COVID19 não é a única ameaça à saúde que as pessoas enfrentam”.

O Congo luta para acabar com  um surto de Ébola de quase dois anos perto das suas fronteiras orientais com o Ruanda e o Uganda, que já matou mais de 2.200 pessoas, o segundo mais mortal surto mundial da doença já registado.

Faltavam alguns dias para declarar, em Abril, o fim do surto, o seu décimo desde que o vírus foi descoberto em 1976, quando uma nova cadeia de infecção foi confirmada no leste. No entanto, nenhum novo caso foi detectado por lá em mais de 30 dias.

error: Content is protected !!