Ngueto Maka do Uíge aposta na massificação do futebol e do jiu-jitsu

O recém reconduzido presidente do Ngueto Maka do Uíge, Adriano da Silva, prometeu, à imprensa local, apostar na massificação da modalidade na província.

Para o presente quadriénio, 2020/2024, o dirigente desportivo adiantou que o objectivo é criar condições para conquistar medalhas nas competições domésticas.

Adriano da Silva disse, também, que o futebol nas camadas de formação faz parte da agenda do clube das terras do café.

Por isso, está em carteira a construção de um centro de treinamento com as condições exigidas pela modalidade actualmente.

Na assembleia de renovação de mandatos foram eleitos Nicolau da Costa “Bodó” para o cargo de vice-presidente da direcção executiva e Santos Coxe Catudico como secretário-Geral.

O acto, realizado na sede do clube, contou com uma única lista, ao contrário de duas como inicialmente estava previsto, já que o candidato da lista B, Nicolau da Costa, desistiu da corrida e abraçar o projecto da lista A.

Com 15 anos de existência, o Clube Desportivo Ngueto Maka do Uíge, fundado aos 14 de Maio de 2005, controla as modalidades de futebol, judo e jiu-jitsu.

leave a reply