Mais de 200 pessoas presas em Nova Iorque antes do toque de recolher

Cerca de 200 pessoas foram presas na cidade de Nova York na noite de Segunda-feira antes de o toque de recolher entrar em vigor às 23h (03:00 GMT na Terça-feira), informou a mídia local.

Seguindo o mesmo modelo dos dias anteriores, os protestos pacíficos na cidade tornaram-se violentos durante a noite. Os presos da Segunda-feira eram principalmente saqueadores que arrombaram várias lojas em Midtown Manhattan, Union Square e Fifth Avenue, que estavam fechadas a meses devido à pandemia da Covid-19, de acordo com a NBC4 e o The New York Times.

O caos teve como resultado o toque de recolher imposto pelo prefeito Bill de Blasio, que começará às 20 horas de Terça-feira e terminará às 5 horas de Quarta-feira.

O toque de recolher de Segunda-feira terminou às 5 horas na Terça-feira. Os dois toques excluem os trabalhadores essenciais, desabrigados e pessoas que buscam tratamento médico, de acordo com o prefeito.

No entanto, houve ainda manifestantes quando o toque de recolher começou, e Bill de Blasio publicou uma mensagem no Twitter para persuadi-los a voltar à casa.

“Apoiamos protestos pacíficos nessa cidade. Mas agora está na hora de voltar à casa”, disse o prefeito no Twitter cerca de 30 minutos após o início do toque de recolher.

“Algumas pessoas estão lá fora hoje à noite não para manifestar mas para destruir bens e prejudicar outras (…) as suas acções são inaceitáveis e não permitiremos isso na nossa cidade”, assinalou.

O governante do Estado de Nova York, Andrew Cuomo, e o prefeito, Bill de Blasio, fizeram uma declaração conjunta na tarde de Segunda-feira, anunciando o toque de recolher para controlar os actos violentos nos protestos extensivos pela morte do homem de Minnesota, George Floyd, devido à brutalidade e racismo da Polícia.

A presença policial na cidade de Nova York foi duplicada na noite de Segunda-feira para 8 mil oficiais, com um grande número deles enviados ao Lower Manhattan e centro de Brooklyn, onde a violência e o saque foram exuberantes na noite do Domingo.

Até agora, pelo menos 1,2 mil pessoas em Nova Iorque foram presas em cinco dias nas manifestações na cidade, e mais de 40 agentes policiais foram feridos, de acordo com a NYPD.

leave a reply