Carta do leitor: Desconfinar

Carta do leitor: Desconfinar

Por: Francisco Cambuta

Caro director

Estou a precisar que acabe já a quarentena. Acho que deve acabar.

Em Angola as pessoas praticamente não ficaram, em casa. Só algumas.

Agora já querem abrir as escolas, portanto, vão ficar ainda menos pessoas em casa. Também, ou não estão a testar, ou não há doença em Angola como vimos nos outros países.

Mas se um país que tem trinta milhões de pessoas ainda só recolheu dez mil amostras em só processaram metade ou um pouco mais, assim, se for para testar toda a gente, ou uma amostra razoável para ter noção da realidade vai levar quanto tempo? Ficaríamos confinados mais três anos. Acho que não vale a pena insistirmos.

O Governo deve desconfiar, não nos dá segurança de que vai testar toda a gente. Pelo menos para podermos viajar e fazer negócios. A Europa já está a abrir os voos, já anunciaram. Nós precisamos de voltar a viajar para fazer negócios. Muitas famílias das mulheres da moamba estão a passar fome com as suas famílias. Não têm seguro e nem segurança social. Mesmo que tivessem, aqui a segurança social não serve para muito.

Esta é a nossa realidade, não adianta só imitar os ouros.