15 angolanos vencem o concurso “DESAFIO DOS 1000”

Dos 1000 vencedores que participaram no concurso “Desafio dos 1000 Empreendedores”, 15 são angolanos, fazendo assim de Angola o país lusófono mais recompensado.

O concurso organizado pela Embaixada da França em Angola, o secretariado-geral da Cimeira África-França, a Digital Africa, os empreendedores eram convidados para a Cimeira África-França 2020 que devia ter início a 4 de Junho de 2020 em Bordéus (França). As actuais circunstâncias relacionadas com a pandemia da Covid-19 já não permitem a sua manutenção como previsto.

Segundo o documento que chegou ao OPAÍS, os vencedores beneficiarão de um programa de acompanhamento específico, que lhes permitirá ter acesso a financiamentos, formação, networking e visibilidade para os seus projectos. Este programa apoia-se num tecido de parceiros franceses e africanos, através nomeadamente de mentoring, relacionamento, de bolsas, de financiamentos públicos e privados.

Os vencedores têm acesso desde já e de forma automática ao Digital Africa Campus que lança uma “Resilient Summer School” em Julho de 2020. No programa: ciclos de masterclass gratuitos centrados inicialmente na resiliência empresarial em tempo de crise; sessões semanais de troca de experiência (meet-ups) por sector de actividade.

Os 1000 empresários, em perfeita paridade entre homens e mulheres, estão oriundos de 53 países africanos e estão activos nos domínios da água-saneamento, do tratamento dos resíduos, da energia, da educação, do digital, da agricultura, da mobilidade, etc.. Têm, na sua maioria, entre 24 e 30 anos de idade e iniciaram a sua actividade há menos de três anos.

leave a reply