Não é justo incluírem-me no grupo de Federer , Nadal Djokovic e Murray”

Não é justo incluírem-me no grupo de Federer , Nadal Djokovic e Murray”

O actual número 17 do ranking ATP, o suíço Stan Wawrinka, vencedor de três torneios do Grand Slam ao longo da carreira, considera que está longe de se poder equiparar a Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic e Andy Murray.

“É injusto incluirem-me nesse grupo. Esses estão noutro campeonato, estiveram a ganhar tudo durante 15 anos seguidos. Até o Andy Murray, que ganhou mais de 40 títulos. Eu? Tive quatro ou cinco bons anos, foi fantástico, mas estou atrás deles.

Talvez à frente de muitos outros mas, ainda assim, atrás desses”, atirou em entrevista ao Daily Mail. Open da Austrália (2014), Roland Garros (2015) e US Open (2016) foram os maiores ganhos pelo helvético de 35.