“Os que mais sofrem com o keynesianismo em Angola são os empresários”

“Os que mais sofrem com o keynesianismo em Angola são os empresários”

As contas do BPC estão no negativo e um ‘Plano de Resgate e Reestruturação’ (PRR) será implementado para salvá-lo, mediante despedimento de 1.600 trabalhadores e encerramento de 60 agências. Isso chega?

Primeiro, felicito o . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta