Universidade de Washington prevê 145 mil mortes de Covid-19 nos EUA até Agosto

Universidade de Washington prevê 145 mil mortes de Covid-19 nos EUA até Agosto

Pesquisadores da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, estimaram na Segunda-feira que 145.728 pessoas podem morrer de Covid-19 no país até Agosto, aumentando a sua previsão sombria em mais de 5 mil fatalidades em questão de dias.

Na Sexta-feira, o muito citado Instituto de Métricas de Saúde e uma avaliação da universidade projectaram 140.496 mil mortes de Covid-19, a doença respiratória causada pelo coronavírus, até Agosto. Os pesquisadores não deram um motivo para a revisão abrupta.

A nova estimativa chegou no mesmo dia em que o Texas relatou o maior número de hospitalizações até ao momento na pandemia e 22 Estados norte-americanos mostraram ao menos um pequeno aumento no número de casos novos confirmados, de acordo com uma contagem feita pela Universidade Johns Hopkins.

Entre os Estados com as maiores elevações estão Michigan e Arizona, segundo a Johns Hopkins, enquanto Virgínia, Rhode Island e Nebraska tiveram os maiores recuos.

Especialistas em doenças infecciosas dizem que os enormes protestos de rua realizados em grandes cidades dos EUA após a morte de George Floyd, um homem negro, sob custódia da polícia de Mineápolis podem desencadear um novo surto da doença.

Um total de mais de 1,9 milhão de casos da Covid-19 foram relatados nos EUA, de acordo com uma contagem da Reuters que confirmou 110 mil mortes.