Editorial: Mais vale ponderar

Editorial: Mais vale ponderar

Não actua bem quem julgue tudo saber. Muito menos na governação de um país grande e com tanta diversidade em tudo como o nosso.

Felizmente o Governo já está atento e dá ouvidos à realidade, a que grita que as condições dos municípios e aldeias não são semelhantes às da Maianga ou Talatona, que as escolas públicas estão muito longe da realidade de algumas privadas. Algumas apenas, porque boa parte das privadas não tem a menor condição para o regresso às aulas em Julho.

Há que repensar tudo, há que, mais ainda, trabalhar, para que as condições mínimas necessárias de bio-segurança sejam garantidas aos alunos. e não apenas agora na vigência da pandemia Covid-19, mas para sempre. É um direito, uma necessidade e uma obrigação do Estado, se quer futuro.