Baixa de Cassanje entra para a festa do desporto-rei em Angola

Baixa de Cassanje entra para a festa do desporto-rei em Angola

Depois do Cambondo e do Ritondo de Malanje, a Baixa de Cassanje consegue uma vaga para disputar o Girabola 2020/2021.

No sorteio, realizado ontem, em Luanda, pela Federação Angolana de Futebol (FAF), a equipa da terra da Palanca Negra disputou o lugar com o São Salvador do Zaire.

Assim, a equipa malanjina substitui administrativamente o 1º de Maio de Benguela, formação que foi desclassificada do Campeonato Nacional 2019/2020, anulado por força da Covid-19, por falta de comparência.

As equipas que disputaram o sorteio eram as mais adiantadas rumo à primeira divisão, a maior festa do desporto-rei em Angola.

Mas, a pandemia obrigou a que a Segundona também fosse anulada por decisão dos presidentes de clubes com a FAF.

Deste modo, a província de Malanje, que conta com o apoio do governo local e outros parceiros, prepara o regresso com muitas cautelas.

Por isso, o secretário-geral da Baixa de Cassanje, Filemon Baka, disse que agora os desafios são maiores, porque a prova é muito exigente.

Filemon Baka adiantou que vão cumprir as orientações para permanecerem na primeira divisão e só depois sonharão com outros vôos.

“É um sentimento de alegria a província de Malanje regressar ao Girabola, porque os heróis da Baixa de Cassanje merecem”, admitiu o responsável.