Joana Lina aborda ravinas em Viana

Amanhã, um balanço sobre uma jornada de três dias de Joana Lina em Viana será apresentado em conferencia de imprensa. Ontem, o foco da governadora esteve virado para as ravinas que ameaçam várias infraestruturas, segundo a ANGOP

A governador a da província de Luanda, Joana Lina, constatou, neste Sábado o estado das ravinas localizadas na centralidade do Zango 5 e nos bairros Caop e Boa Fé, no segundo dia da jornada de campo ao município de Viana.

Uma das ravinas na centralidade do Zango 5 está a progredir para os edifícios, enquanto as do bairro Caop já destruíram um número considerável de residências e ameaçam derrubar duas torres de alta tensão da Rede Nacional de Transporte de Energia (RNT).

Joana Lina, acompanhada pelos vice-governadores e membros da Administração Municipal de Viana, iniciou a sua jornada no hospital municipal do Zango, que se debate com a falta de oxigénio para atendimento aos pacientes.

A governadora deslocou-se posteriormente à comuna do Calumbo, ao mercado do 30 e ao distrito Urbano da Baía.

Nomeada a 25 de Maio pelo Presidente da República, João Lourenço, em substituição de Sérgio Luther Rescova, Joana Lina constatou ainda o estado das bacias de retenção da Vila Pacifica e do Zango 2, do mercado do Zango e o projecto Habitacional da EPAL no Zango 5, em litígio.

O balanço dessas constatações será feito na próxima Segundafeira, no terceiro e último dia de trabalho ao município Viana.

O município de Viana é composto por seis distritos urbanos: Vila Flor, Zango, Baia, Kicuxi, Estalagem, Viana (sede) e a comuna do Calumbo

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!