Um dos caminhos para liderança é aprender a dominar a comunicação

Um dos caminhos para liderança é aprender a dominar a comunicação

Muitos profissionais de topo e intermédios de empresas públicas e privadas são considerados como portavozes de suas organizações, para além de suas actividades normais.

Em situações de relacionamento com a imprensa, entrega de prêmios e apresentação de produtos e serviços para o público consumidor, esses gestores precisam estar preparados para expor as suas ideias de maneira correcta. Para tal, existe um treinamento específico para apresentar-se da melhor forma perante a sociedade: o treinamento de media.

Pelo mundo afora, existe exemplos notáveis de gestores de empresas que sabem usar a comunicação e com isso contribuem decisivamente para melhorar o resultado da sua empresa. São pessoas que compreendem os novos tempos e estão presentes nos media com o sentido empresarial, e não apenas porque querem satisfazer o seu ego.

O gestor do século XXI tem de saber que qualquer deslize pode virar notícia negativa para a sua empresa, principalmente se ele desconhecer as tendências e comportamentos da opinião pública.

Por outro lado, a falência de uma organização por causa de factores decorrentes da sua fraca reputação no mercado ou mesmo da debilidade de interpretação dos fenómenos comunicacionais, constitui uma perca irreparável não só para o Estado com o prejuízo imediato nas contribuições fiscais, como também para a comunidade através da redução de postos de emprego.

Normalmente, recomendo aos meus formandos, que o treinamento de media ajuda a evitar enganos, distorções, omissões e aumenta a capacidade para a conquista da credibilidade, imagem e reputação necessária para toda e qualquer organização ou pessoa pública. Arrisco mesmo em afirmar que estamos a falar de segurança corporativa.

Wylsony dos Santos

Jornalista e Consultor para Comunicação Integrada