Movimento Cultural do Cunene promove cultura da cidadania

O projecto lançado com pompa e circunstância em Ondjiva, capital da província do Cunene, denominada “A cultura da Cidadania - Uma Tarefa de Todos Nós”, visa cultivar em todos os sectores do país, hábitos de cidadania e pela cidadania como responsabilidade e tarefa de todos os agentes sociais, segundo o coordenador, Hamilton Venokanya António

Cultivar hábitos de cidadania e pela cidadania, em todos os sectores do país, é o grande desafio do Movimento Cultural do Cunene (MCC).

O projecto envolvendo professores, escritores, académicos, enfermeiros, entre outros agentes sociais, foi lançado Sábado, 13, nas redes sociais, Facebook, em Ondjiva, província do Cunene, com a divulgação de textos informativos de vária índole, retratando a Cultura da Cidadania como uma tarefa de todos nós.

O objectivo primário, segundo o coordenador do projecto, Hamilton Venokanya António, é que cada citadino, mais do que saber, dentro das suas responsabilidades sociais, académicas, culturais, políticas e religiosas, faça bem o seu trabalho em prol de uma Angola melhor.

Diariamente são publicados dois a três textos de alguns escritores como José Luís Mendonça, Yola Castro, Marta Santos e Kanguimbu Ananaz.

O projecto conta ainda com textos do Crítico Literário, Helder Simbad, das sociólogas Egna Santos e da escritora, Luísa Fresta, residente em Portugal, do sociólogo Miguel Dianduala, do advogado Aldemiro Quintas, entre outros.

A iniciativa surge como um mecanismo articulador no processo de socialização, formação de carácter, moralização e educação patriótica para que a cidadania seja melhor na construção de Angola.

error: Content is protected !!