Mais um restauro desastroso de uma obra de arte em Espanha

Uma cópia da “Imaculada do Escorial”, do artista barroco Murillo, detida por um coleccionador privado de Valência, acabou desfigurada depois da intervenção de um especialista em restauro de móveis.

O mais mediático dos casos faz-nos recuar até 2012, quando a intervenção de uma paroquiana de 80 anos correu mundo devido ao inesperado resultado na pintura Ecce Homo, de Elías García Martinez, fresco que ornamentava as paredes no santuário de Borja.

Depois desse episódio em Saragoça, que originou centenas de memes, chegaria nova notícia do género em Junho de 2018, de novo oriunda do país vizinho.

O motivo de assunto era então a imagem de São Jorge, montado no seu cavalo a lutar contra o dragão, e que então foi vítima de um restauro “excessivo”, sendo que o uso da palavra restauro exige alguma ponderação.

leave a reply