Angolanos confinados na Turquia regressam ao país

Um voo humanitário da transportadora aérea de bandeira nacional, TAAG, regressou ontem, por volta das 16h, ao país, com um total de 50 cidadãos angolanos que se encontravam retidos há três meses em Istanbul, por força das medidas restrictivas de prevenção da Covid-19, particularmente o encerramento do espaço aéreo nacional

Segundo um comunicado a que OPAÍS teve acesso, trata-se de um grupo de 40 senhoras, na maioria comerciantes, incluindo mães e uma bebé recentemente nascida em Ankara, duas famílias de sete cidadãos e três jogadores da selecção nacional de futebol adaptado que jogam em clubes turcos.

“Foi com bastante júbilo que estes compatriotas tomaram conhecimento desta medida da Comissão Multisectorial de Coordenação ao combate à pandemia do Covid-19, tendo no momento da partida de regresso ao país expressado o seu reconhecimento e gratidão por esse gesto e também por toda a ajuda e assistência assegurada pelo Estado angolano através da sua Embaixada na Turquia”, lê-se , no documento.

error: Content is protected !!