Produtores prevêem colher 1800 toneladas de café no Cuanza-Norte

Mil e 800 toneladas de café mabuba serão colhidas na presente campanha, na província do Cuanza-Norte, mais 100 em relação à colheita anterior, reportou a Angop

O facto foi anunciado à imprensa nesta Quinta-feira, em Samba Cajú, pelo responsável do departamento provincial do Instituto Nacional do Café (INCA), Costa Neto, no acto de aberta da campanha de colheita do bago vermelho.

Costa Neto apontou a regularidade das chuvas na presente época agrícola como factor que influenciou para o aumento dos níveis de produção, que contou com o engajamento de 700 produtores.

Segundo a Angop, a província conta com mil e 500 cafeicultores, dos quais 700 exercem efectivamente esta actividade produtiva.

Numa mensagem lida na ocasião, os produtores apontaram a insuficiência de meios de produção como catanas, limas, podadeiras, botas de borracha e a degradação das vias de acesso como factores que dificultam o aumento da produção do bago vermelho na província.

Acrescentam ainda o baixo preço do quilo de café, comercializado entre 160 e 200 kwanzas, e as dificuldades de acesso ao crédito bancário como outros constrangimentos.

Por seu turno, o governador do Cuanza-Norte, Adriano Mendes de Carvalho, que procedeu à abertura da colheita, afirmou que o Executivo local está a adoptar medidas de fomento da produção através da criação de cadeias produtivas, de transporte e comercialização.

A reabilitação de estradas secundárias e terciárias, distribuição de mudas de plantas melhoradas aos cafeicultores, assim como fazer advocacia junto de credores para financiar a actividade são outras das acções implementadas pelo Governo, no âmbito do fomento da cafeicultura.

Já o presidente da confederação dos empresários de Angola, Francisco Viana, manifestou o apoio aos produtores de café na província, através da distribuição de meios de produção, comercialização da produção local, incentivos financeiros, entre outros.

A Fazenda Filipe, no município de Samba Cajú, acolheu o acto de abertura da campanha de colheita do café na província.

leave a reply