Seis feridos após “incidente grave” em Glasgow. Suspeito abatido

A Polícia destacou um forte dispositivo de segurança para o local. Líder do Governo escocês pediu de imediato que não se partilhassem informações não confirmadas

Seis pessoas, entre elas um polícia, ficaram feridas nesta Sexta-feira após um esfaqueamento junto a um hotel no centro da cidade de Glasgow, confirmou a Polícia escocesa, citada pelo The Guardian. O suspeito da autoria do ataque foi abatido.

A Polícia escocesa alertou de imediato que estava a lidar com um “sério incidente” no centro de Glasgow e pediu à população para evitar a área. “O indivíduo atingido a tiro pela Polícia morreu. Seis outras pessoas estão no hospital para receber tratamento, incluindo um polícia que está em estado crítico mas estável”, lê-se num comunicado.

Segundo reporta a agência noticiosa Associated Press (AP) a partir de Londres, a zona, nomeadamente na West George Street, recebeu um forte contingente policial, e mais de uma dezena de veículos das forças de segurança.

Num boletim sobre o tráfego divulgado ontem, o Conselho Municipal de Glasgow indicou que, devido a um “acidente policial sério”, várias ruas foram encerradas.

O primeiro-ministro britânico Boris Johson já lamentou o “terrível incidente” e agradeceu a intervenção dos “corajosos serviços de emergência”.

Nicola Sturgeon, líder do governo escocês, lamentou o sucedido e, no Twitter, deixou um pedido especial: “Não partilhem informações que não foram confirmadas.”

A líder do Conselho da Cidade de Glasgow, Susan Aitken, pediu no Twitter que se ninguém se aproximasse da zona do incidente.

error: Content is protected !!