Um ano de PIIM em avaliação no Lubango

A Comissão Interministerial para a Implementação do Programa Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) balanceia hoje, na cidade do Lubango, o grau de execução do referido programa em todo o país

Para proceder ao balanço do primeiro ano de implementação do Programa de Intervenção nos Municípios (PIIM), lançado a 27 de Junho do ano passado pelo Presidente da República, João Lourenço, estão hoje no Lubango o ministro de Estado para a Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, coordenador da Comissão Interministerial, e os ministros da Administração do Território (MAT), Finanças, Educação, Saúde e o das Obras Públicos e Ordenamento do Território.

De acordo a uma nota de imprensa distribuída aos órgãos de comunicação social, Manuel Nunes Júnior vai proceder à apresentação do percurso do PIIM, com realce para o grau de execução das acções em curso nas 18 províncias.

Financiado com recursos que estão a ser gradualmente desmobilizados do Fundo Soberano de Angola (FSA), o Programa Integrado de Intervenção nos Municípios, tem um orçamento global de USD 2 mil milhões.

Segundo a nota de imprensa da Comissão Interministerial, até ao dia 20 de Junho do ano em curso, já foram executados em todo o país cerca de 667 projectos, de um total de 1.647 inscritos no PIIM. Dos 1.647 projectos inscritos no âmbito do Programa Integrado de Intervenção nos Municípios, 68 por cento são de iniciativa local e 32 por cento de iniciativa central, entre os quais constam: estradas, pontes, escolas, hospitais, centros médicos e outros equipamentos.

A par da província da Huíla, já estão a ser inauguradas as primeiras obras executadas no âmbito do PIIM também nas províncias de Luanda e da Lunda-Sul. Durante a sua estadia na província da Huíla, Manuel Nunes Júnior procede, nas primeiras horas desta manhã, à inauguração do novo edifício da Administração de Caluquembe.

O Ministro de Estado para a Coordenação Económica vai ainda inaugurar, nos municípios do Lubango e Humpata, uma escola de 12 salas de aula, no bairro Sofrio, um Centro Médico no bairro da Mapunda, arredores da cidade do Lubango e um Hospital na sede municipal da Humpata.

Segundo uma fonte deste jornal junto do Governo Provincial da Huíla, o Ministro de Estado para a Coordenação Económica vai, na tarde de hoje, reunir-se com a classe empresarial para auscultar as suas necessidades.

O PIIM para a Província da Huíla tem um orçamento de 41 mil milhões de Kwanzas para a execução de 179 projectos nos domínios da Saúde, Educação, Energia e Águas, Infra-estruturas Rodoviárias, entre outros.

Entre os projectos em curso, em todos os municípios da província, 144 são novos, estando 10 paralisados e 25 já estão em curso.

João Katombela, na Huíla

error: Content is protected !!