Carlos Morais a um passo da história no “smash da década” da FIBA

O base-extremo angolano, pode fazer história no concurso denominado “smash da década”, certame organizado pela FIBA.

Caso arrebate o troféu hoje, último dia de votação a partir do site do organismo que rege a bola ao cesto no mundo, o atleta do Petro de Luanda fará o inédito na história da modalidade rainha em Angola.

Nesta última fase, Carlos Morais defronta o iraniano Arsalam Kazemi, por isso os angolanos devem continuar a votar e transformar o profissional angolano em vencedor.

O concurso “smash da década” visa premiar o melhor afundanço dos últimos 10 anos, ou seja, o período que vai de 2010 a 2020.

Carlos Morais fez um afundanço no jogo frente à Selecção de Moçambique no Afrobasket 2013 realizado na cidade de Abidjan, na Cote d’Ivoire.

Nesse ano, o internacional angolano (e o grupo) regressou ao país com a faixa de campeão africano e o troféu de melhor jogador da prova, ou seja, MVP.

Por esta razão, teve uma passagem nos Toronto Raptors da NBA, mas não foi bem sucedido, sendo que militou no basquetebol português.

Para votar, basta aceder ao link “fiba.basketball/fr/dunk-ofthe- decade” e clicar no vídeo com a imagem do basquetebolista do Petro de Luanda e da selecção nacional.

leave a reply