Funji de Bacalhau

O bar do Manel reabriu depois de um longo período fechado por força do Estado de Emergência. Ninguém dispensa uma ida ao bar do Manel e molhar o bico. A boa cozinha da casa é um atrativo. É o único lugar na cidade onde se pode encontrar um funji de bacalhau ao molho xuxuado. 

Talvez em toda Angola não se encontre esta “esdrúxula” combinação do peixe norueguês com o funji. Ideia genial do Manel. Encontrei-me lá, acidentalmente, com o meu amigo, Justino, que não via há séculos: 

– És tu mesmo? – Que raio de pergunta! – Pensaste o quê? Que eu já tinha baicado? – Não, pensei que foste eleito deputado! Gluc ! Gluc ! Gluc ! (Deu três goles seguidos numa cucalata) Eram por aí umas 11H00. 

Uma hora depois, o garção veio com o quadro anunciando o menu do dia: cabrito no forno com batatas coradas; pernil de borrego com arroz e salada; frango de caril e, por fim, funji de bacalhau ao molho xuxuado. O Mariano de Almeida é que baptizou assim o molho. Trata-se de molho de tomate, cebola e quiabos, a que se acrescenta pimento. 

Este molho é competentemente adubado com um funji de milho. O bacalhau, grelhado, vem à parte. Eu estava a explicar ao Justino as características deste prato e ele aderiu de imediato. Chamei a mana garçonete: 

– Afilhada, por favor, queremos um funji de bacalhau para dois. – Sabia: o padrinho ia pedir este prato. – Despache-se, estamos com fome. -É pra já, padrinho, hoje vai me dar aquela gorjeta. -Vou ver: não esqueça o ventilador e um frasco de uvas fermentadas no kitalaleso. 

A garçonete lançou um muxoxo sonante. (mxiuuuuu ). 

O Justino não apanhou nada. Só quando chegou a “mobília “é que, discretamente, aproximou o corpo e perguntou: – Que raio de coisa é essa, kitalaleso? – Espera um pouco, já vais ver. – Eu a dar-te de morto, afinal estás mais vivo do que nunca. -Pois…. Só o seguro morreu de velho. – E o ventilador que pediste é para quê? -Para nos soprar porque o funji vem muito quente! 

Toda “mobília “montada na mesa, faltava o ventilador e o kitalaleso. O Justino desconfiado que lhe estava a enfiar um barrete. Então, a minha afilhada trouxe o jindungo de cahombo bem avermelhado e anunciou: 

-Este sopra bem, padrinho! – Oh! Afinal o ventilador é o jindungo? 

-Prova, mó mano, prova. Afuuu… Afuuu.. Uhuuu.. Uhuuu(O calor a atacar o Justino) Agora, sugeri-lhe, para veres que estou vivinho da silva, eis a receita de um meu amigo que conheci quando trabalhei naquele ministério (citei o ministério). 

Beba três goles do vinho que está no kitalaleso. 

Kajim Bangala 

leave a reply