“Zenu ardilosamente apresentou-se com a imagem de bom samaritano”

“Zenu ardilosamente apresentou-se com a imagem de bom samaritano”

O procurador-geral adjunto da República Pascoal Joaquim disse que “para sustentar essa farsa”, alegou, em sua defesa, que esteve envolvido no processo que culminou com a transferência de 500 milhões de dólares de uma das contas do Banco Nacional de . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta