Editorial: A grande pressão

Jornal OPaís edição 1887 de 03/07/2020

Se a principal promessa de João Lourenço candidato a Presidente da República foi a criação de quinhentos mil postos de trabalho, esta promete ser o seu maior problema enquanto Presidente da República. Maior do que a Covid-19 até agora.

É que João Lourenço herdou um país já em profunda crise económica à qual se veio juntar a Covid-19 com o seu séquito de consequências nefastas. Sendo uma delas o desemprego. Empresas fecham e mais gente vai para casa. Na verdade, com o comportamento da economia angolana até ao eclodir da pandemia, dificilmente a situação seria diferente.

Entretanto, e porque muitas empresas fecham e o PII M não absorve toda a mão-de-obra disponível, nem as obras que eventualmente venham a ser lançadas proximamente, os concursos para ingresso na função pública são a saída, demasiado estreita, mas é para aí que estão virados os olhos de mais do que quinhentos mil. Todos os concursos serão polémicos. Cada vez mais.

error: Content is protected !!