Relva da Tundavala terá cara nova em Setembro

O ar do tapete verde do palco onde desfilaram grandes artistas do futebol africano, no CAN-2010, terá um novo rosto daqui a três meses, segundo o órgão que rege o desporto na província da Huíla

A recuperação da relva do Estádio da Tundavala, no Lubango, iniciada há uma semana, estará concluída em três meses, afirmou nesta Quarta-feira, o director do Gabinete provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos na Huíla, Osvaldo Lunda.

Esse trabalho, segundo o gestor, passa por queimar a erva daninha, pela melhoria da terra, entre outros tratamentos obrigatórios.

Em declarações à imprensa, o responsável disse que será igualmente reparado os aspersores, será feito o nivelamento e compactação do piso, seguindo-se o processo de recuperação da relva em 90 dias.

Informou que as sementes para a relva, aprovadas pela Federação Internacional da modalidade, foram adquiridas na Namíbia, as mesmas usadas para os estádios que albergaram o Campeonato do Mundo em 2010, na África do Sul.

Osvaldo Lunda adiantou que os trabalhos decorrem sob tutela do Ministério da Juventude e Desportos, órgão que vai assegurar a manutenção da infraestrutura.

Construído em 2009, o Estádio Nacional da Tundavala custou USD 69 milhões. Tem capacidade para albergar 21 mil e 40 espectadores.

Foi palco de alguns jogos da selecção nacional referentes ao grupo D do Campeonato Africano das Nações, que Angola acolheu em 2010.

error: Content is protected !!