Cantora Gospel Cutana Carvalho disponibiliza música “Forças” nas plataformas digitais

Depois do álbum “4Ventos” lançado o ano passado, a cantora volta a propor aos seus apreciadores mais um tema. Desta vez é motivado pelo que o mundo actual enfrenta, como consequência da pandemia Covid-19

“Forças” é a mais recente música no estilo gospel, da cantora Cutana Carvalho, que estará disponível brevemente em todas as plataformas digitais, e é motivada por conta do momento actual em que se enfrenta a Covid-19, e foi gravada em Lisboa, Portugal, onde passou a residir.

Segundo a cantora nesta fase em que o mundo está a passar, precisam-se nada mais, nada menos do que “forças”, pois o tema fala necessidade em ser-se fortes em determinados momentos que a vida apresenta, assim como os objectivos a alcançar.

“No caso dos objectivos demorem acontecer, e no caso de ver outras pessoas a trilharem caminhos melhores do que o nosso. Para tudo existe um tempo para acontecer, e como tal precisamos ter forças sem que necessariamente nos desesperemos”, aponta.

A cantora acredita que muitos jovens  frustram-se e acham-se perdedores pelo facto de as coisas não terem acontecido no momento delineado por eles. Por essa razão, acabam manifestando-se muitas vezes até com inveja em relação aquelas pessoas que consigam antes deles.

“Não entendem que neste momento precisa-se de forças para lutar, uma força dada por Deus através de Jesus, o seu mediador. Uma força renovada a cada dia para continuar a lutar, sem que se tenha em frente o fracasso, mas a visão de continuar a batalhar até alcançar o objectivo pretendido”, aconselhou.

Lições da Pandemia

O período que o mundo enfrenta em relação pandemia Covid-19, Cutana Carvalho considera que embora seja catastrófico, trouxe consigo reflexões significativas, em que gestos anteriormente desprezados por muitos, têm tido o seu devido valor nos dias actuais.

“É uma fase de mudanças constantes. Hoje um abraço, um aperto de mão, as comemorações, tudo que envolva aproximação está cada vez mais distante. Nós os cristãos fomos postos a prova, em afinal orar em casa, meditar e falar da palavra de Deus em casa passou também a ter um valor fundamental”, afirmou.

Cutana acrescentou que anteriormente ir sempre à uma congregação era sinónimo de mais espiritualidade, e esta fase trouxe pensamentos que não se tinha tempo em pensar. Por isso, não restam dúvidas que depois deste período as pessoas estarão mais conscientes sobre a nossa presença no mundo, e de facto acabaremos por valorizar o que já devia ser há muito tempo.

São essas reflexões segundo a cantora, que a levam a tirar lições desta fase pandémica. Paralelamente a isso, tem-lhe permitido fazer outras criações musicais que a seu tempo dará a ouvir ao público ávido pelos seus temas cuja teor é o enaltecimento da palavra de Deus.

Percurso (Caixa)

Isabel Paula Cutana De Carvalho nasceu a 13 de Março, no distrito das Ingombotas, província de Luanda. É filha de Fortunato Jacinto de Carvalho e de Laurinda Cardoso Cutana. Cutana Carvalho, o nome resultou do sobrenome da mãe e do pai.

Cantora e compositora começou a compor aos 17 anos, mas desde criança já ardia em si a chama de um dia tornar-se cantora; participou em vários trabalhos de artistas, recentemente em dois inéditos vídeos de Mister K dos “Calibrados”. Participou também no vídeo clipe de Nadia Mayembe intitulado “Ele é o fogo” e de Beliano AD Deus dos Céus “ actualmente já terminou o seu álbum sob produção da Valam Home Stúdio (Dodó Miranda).

“Quero te amar” é o terceiro video Clipe da cantora, depois do video da música “Vai voltar” , que consequentemente foi o vídeo que designou-a como uma entre os nomeados para o Angola Music Awards em 2018 entre músicos como : Dodó Miranda, Miguel Buila e Mister K.

error: Content is protected !!