Artur Barros deixa a vice-presidência do basquetebol do Petro

O vice-presidente cessante para o basquetebol do Petro de Luanda, Artur Barros, ficou de fora da lista de Tomás Faria para o pleito eleitoral agendado para 18 deste mês, na sede do clube, tendo em vista o quadriénio olímpico 2020/2024. 

Segundo a lista que foi apresentada ontem em conferência de imprensa, numa das unidades hoteleira da cidade capital, Artur Barros é substituído por Anselmo Monteiro. 

No último ciclo olímpico da bola ao cesto, os petrolíferos às ordens de Lazare Angingo, que está em fim de contrato, com alguma surpresa m, venceu o Campeonato Nacional sénior masculino de basquetebol. 

Por sua vez, Amaral Aleixo passa para vogal de direcção e deixa o cargo de vice-presidente para o futebol para Alfredo Soares. 

No desporto rei, o melhor que o elenco do presidente conseguiu foi apurar a equipa à fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos, onde os resultados foram desastrosos, porque teve uma das piores defesas da competição. 

Os tricolores trocaram várias vezes de treinadores, mas não conseguiram resgatar o título do Girabola, Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão, perdido há mais de uma década. 

De acordo com a lista divulgada, no conselho fiscal, no conselho de disciplina e no conselho geral não há mexidas de realce. 

error: Content is protected !!