Microcréditos para Nano-Empresários!

Uma das grandes iniciativas do executivo foi a aposta no Microcrédito, desde 1999. Sendo para mim a iniciativa com mais impacto a de 2008, com um valor de apoio rondando os 45 milhões de dólares. Iniciativas que envolveram o Banco SOL e o BPC.

E ao longo destes anos muitas instituições abraçaram estes projectos. As principais instituições envolvidas no sistema do Microcrédito em Angola foram: o Banco Sol, o BPC, o BCI, o BAI, o Finibanco de Angola, o BESA, o BNI, o Banco Caixa de Angola, o Banco Millennium de Angola (BMA), a KixiCrédito e várias ONG’s.

No caso das ONG’s, na sua maioria são instituições que, não obstante terem vocação social, prestam serviços de uma forma lucrativa a Instituições Governamentais, como o Ministério da Família e da Promoção da Mulher e o MAPTSS.

No site do Banco Sol (pareceu-me o melhor em termos de informação) para obtenção de microcrédito é necessário cumprir determinados requisitos, sendo que um deles chamou-me a atenção tendo em conta o tema que tenho vindo a debater (formação, informação e oportunidade).

Todos os interessados que tenham dificuldade em ter acesso ao crédito clássico, as micro e pequenas empresas, terão um analista/ gestor de Microcrédito, garantindo a finalidade do empréstimo a que se destina, tendo em conta possíveis líderes e fazendo uma triagem sobre as informações preliminares de maior realce, tais como:

Conduta;
Documentação;
Tipo de negócio;
Volume de vendas;
Margens de venda;
Poupança;
Histórico de crédito.

Acredito que estes agentes irão actuar junto das comunidades/ administrações e colocar em prática toda esta acção de avaliação, mas o que me intriga é perceber qual é a estratégia que estas equipas implementaram ao longos destes anos, juntamente com o executivo, para aumentar o nível de conhecimento destes Nano-empresários.

Pesquisei e foi-me difícil entender a estratégia que foi implementada, isto porque não conseguimos sentir ao longo destes anos o impacto destes empréstimos para estimular o Nano/Micro-empresário.

Em Abril de 2018, a agência de notícias digital Angop dava a conhecer que 50 jovens beneficiavam de microcréditos, sendo que o programa para dele beneficiarem incluía: Formação; Criação do plano de negócio; Viabilidade de financiamento.

O objectivo passa por capacitar e dar competência aos jovens empreendedores e que estes consigam desenvolver o seu próprio negócio, assim como fazer que a comunidade disponha no futuro destes diversos serviços.

Onde estão estes jovens? A obtenção do microcrédito serviu para estimular a ambição de outros jovens da comunidade? Estes jovens tiveram formação, ela serviu para estes formarem outros ou servirem de exemplo?

O que custa usarmos estes exemplos como estímulo para os restantes jovens que hoje pensam que não conseguem ter oportunidades, que continuam sem controlo e criando oportunidades sem gerar de facto negócio? Andam pelas ruas, fazem manicure nas ruas, cortam o cabelo nas ruas, são sapateiros de rua, entre outros negócios sem controlo e praticados na rua…andamos a desperdiçar Nano-empresários que por falta de conhecimento e estímulo não conseguem criar e projectar o seu próprio negócio, gerando lucro, poupança e pagando impostos. Resultados com que todos passariam a ganhar, o Nano-empresário, os bancos e o estado.

Desafiava o executivo a criar um dia dedicado a estes Nano-empresários que beneficiaram destes acordos (Microcréditos), onde os mesmos fossem testemunhas na primeira pessoa, explicando e contando como chegaram até vocês (banco e executivo) como foram devidamente orientados e formados e por fim como tornaram o seu micro-negócio em sucesso e oportunidade para a comunidade onde habitam.

Não lancem projectos com palavras bonitas mas, antes, divulguem sim, aquilo que seja um processo de acompanhamento para percebermos o lançamento da primeira pedra, quem beneficiou, como beneficiou e o que se desenvolveu na sequência do benefício obtido (Microcrédito). Pequenos negócios fazem grandes economias!

#Trabalhe com protecção

Kénia Camotim

Economista!

error: Content is protected !!