SIC detém suposto autor da agressão

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) na Huila deteve, neste Sábado, o fiscal da Administração Municipal do Lubango que supostamente espancou brutalmente a zungueira Joana Tchimuco, na passada quarta-feira, revelou, em exclusivo a OPAÍS, o seu porta-voz Sebastião André Vika

Sebastião André Vika disse, ontem, a este jornal, que a detenção do fiscal da Administração Municipal do Lubango aconteceu na tarde de Sábado e que já prestou as suas primeiras declarações.

De acordo com Sebastião Vika, o interrogatório visou reunir elementos que esclarecessem o envolvimento do acusado na agressão da zungueira que ainda se encontra internada no Hospital Central do Lubango.

“Fruto desta denúncia pública, o Serviço de Investigação na província da Huíla procedeu à abertura de um processo investigativo que culminou com a detenção do cidadão em causa que, por sinal, é fiscal afecto à Administração Municipal do Lubango, por crime de ofensas corporais graves, que causaram incapacidade para o trabalho à lesada”, disse.

Por outro lado, Sebastião Vika garantiu que já foi igualmente aberto um processo-crime contra o mesmo e será apresentado ainda hoje ao Ministério Pública.

O porta-voz do SIC local revelou ainda que nos últimos dias, tem sido frequente o registo de denúncias sobre os excessos dos fiscais durante a sua actuação. “Temos recebido com uma certa preocupação, queixas de cidadãos sobre os excessos de alguns fiscais durante a sua actuação, quer pelas redes sociais como, também, pelos órgãos de comunicação social”, frisou.

Disse que a detenção deste cidadão só ocorreu depois de o assunto ter sido abordado no programa “O Clube dos Jornalistas”, da Rádio Mais nesta parcela do território nacional. “No entanto, reiteramos ao bom comportamento dos fiscais de forma a optarem sempre por uma actuação mais pedagógica”.

João Katombela, na Huíla

error: Content is protected !!