Editorial: O vírus e as imunidades

Jornal OPaís edição 1893 de 09/07/2020

Quando se diz que alguém reagiu a um teste serológico de despiste do novo Coronavírus, o SARS-CoV-2, causador da Covid-19 e revelou que desenvolveu imunidade ao vírus, isto, pela lógica, significa que a pessoa já teve contacto com o vírus, já esteve infectada. São os casos tidos como assintomáticos, que não desenvolvem a doença, mas isso que não significa que não sejam transmissoras. 

Com o início da testagem em massa e aleatória, naturalmente que vão surgir mais caos de contágio e, sobretudo, mais casos de pessoas que desenvolveram imunidade ao vírus. Isto significa que algumas destas pessoas poderão ser incluídas no grupo dos infectados sem vínculo epidemiológico conhecido. Ou seja, rapidamente se terá de assumir a transmissão comunitária. E, o que mais se teme, que se alargue o espaço geográfico de circulação do novo Coronavírus. Poderá não ser apenas Luanda e o Cuanza-Norte. 

error: Content is protected !!