Jean Jacques aposta no resgate

O antigo internacional angolano Jean Jacques da Conceição pretende resgatar a mística do basquetebol angolano, caso vença as eleições na federação angolana da modalidade, acto que acontece em Setembro do corrente ano.

Em conferência de imprensa, na apresentação oficial da sua candidatura ao cadeirão máximo da FAB, para o ciclo olímpico 2020/2024, o único africano a fazer parte no hall da Fama da FIBA disse que o objectivo é voltar aos tempos dos triunfos e da disciplina financeira.

Referiu não ser tarefa fácil, mas vai contar com o contributo de todos para a concretização dos objectivos traçados.

“Não se admite vermos antigos praticantes, que deram o seu sangue em prol do basquetebol, totalmente desinteressados da modalidade. Não vão aos pavilhões, muito menos querem ouvir falar desta disciplina que já deu onze títulos africanos ao país. “Não podemos deixar que a situação continue assim, vamos resgatar os valores perdidos”, exprimiu o antigo poste.

Para isso, Jean Jacques da Conceição, que já teve uma passagem no órgão reitor da modalidade, no consulado de Gustavo da Conceição, como vice-presidente, estará aberto a outras ideologias, desde que sejam positivas e para voltar a levar Angola aos mais altos níveis.

error: Content is protected !!