Wang Yi propõe três sugestões para levar relações China-EU A de volta ao caminho certo

O conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, propôs na quinta- feira três sugestões para levar as relações China-EUA de volta ao caminho certo, no discurso ao Fórum de Think Tanks e Mídia China-EUA.

“Primeiro, activar e abrir todos os canais de diálogo”, disse Wang.

Somente a comunicação pode dissipar falsidades, e apenas o diálogo pode impedir erros de cálculo, disse Wang, reafirmando que a porta da China para o diálogo permanece aberta.

Desde que os EUA estejam prontos, a China poderá restaurar e recomeçar os mecanismos de diálogo em todos os níveis e em todas as áreas. Todas as questões podem ser colocadas em cima da mesa. Todas as diferenças podem ser tratadas adequadamente através do diálogo, disse Wang.

Ao mesmo tempo, desde que os EUA não estabeleçam restrições, a China também está disposta a promover intercâmbios e interações entre departamentos governamentais, localidades e sectores sociais, de modo a permitir que os dois povos se conheçam e se entendam mais, disse Wang.

“Segundo, revisar e obter consensos sobre as listas de interações”, disse ele.

Dada a interconexão e a complexidade das questões, é útil para os dois lados se reunirem, examinarem-nas e elaborarem as listas sobre áreas de cooperação, diálogos e questões que precisam de gerenciamento adequado, disse Wang.

“Terceiro, focar e cooperar na resposta à Covid-19”, disse Wang.

Observando que, diante do vírus, a cooperação deve ser a prioridade da primeira ordem, Wang disse que a China está disposta a compartilhar com os EUA as informações sobre a prevenção e contenção da Covid-19, bem como a sua experiência de resposta.

“Também estamos dispostos para ter um intercâmbio mais próximo com os EUA sobre diagnóstico e terapêutica, vacinas e recuperação económica”, disse Wang.

error: Content is protected !!