Brasil mobiliza-se contra o governo de Jair Bolsonaro

Trabalhadores de diversas categorias, organizações políticas e movimentos sociais realizaram, ontem (10), uma série de acções relacionadas ao Dia Nacional de Mobilização ‘Fora, Bolsonaro’ pelo Brasil.

Como o nome sugere, a mobilização tem como principal pauta a saída do presidente Jair Bolsonaro e também do seu vice, Hamilton Mourão. Os actos acontecem tanto nas redes sociais como presencialmente, em diversos estados do país.

Segundo os organizadores, as manifestações nas ruas acontecem de acordo com as orientações das autoridades do sector de saúde, em pequenos grupos e procurando manter o distanciamento entre os indivíduos.

O Dia Nacional de Mobilização é a primeira actividade da Campanha ‘Fora, Bolsonaro’, que ainda prevê uma plenária virtual neste Sábado (11), e outros actos simbólicos no Domingo (12), em defesa da democracia.

Os responsáveis pela campanha afirmam que, enquanto o país vive um dos momentos mais desafiadores da sua história, com uma crise sanitária, económica e política, o governo promove uma escalada autoritária, com o objectivo de avançar na retirada de direitos, atacar a soberania nacional e promover medidas de fechamento do regime, ao mesmo tempo em que oferece “estímulo à movimentos na sociedade civil de carácter neo-fascista”.

Diante disso, segundo eles, há, na sociedade brasileira, uma crescente insatisfação e uma ampla maioria que se opõe ao governo, defendendo a saída do presidente.

Além das várias cidades participantes no Brasil, algumas acções presenciais ou virtuais também foram registadas em localidades do exterior, em países como França, Itália, Áustria, Alemanha, Portugal e Estados Unidos. Os eventos de mobilização contra o presidente Jair Bolsonaro tiveram início ainda durante a madrugada desta Sexta-feira (10) e devem se estender até ao próximo Domingo (12).

error: Content is protected !!