MINJUD desmente declarações de Nádia Cruz

O Ministério da Juventude e Desportos (MINJUD) esclareceu que as “bocas” da antiga nadadora Nádia Cruz à Rádio Cinco tem muitas inverdades

Depois das declarações da presidente da Associação dos Atletas Olímpicos à Rádio Cinco na semana passada, o Ministério da Juventude e Desportos (MINJUD) desmentiu as afirmações de Nádia Cruz.

O MINJUD adiantou, na sua nota, que havia inverdades, logo, isto ofende o bom nome do órgão que rege o desporto no país.

O documento do pelouro, encabeçado por Ana Paula Sacramento Neto, não estabelece qualquer vínculo jurídico-laboral com os atletas.

Por este facto, a nota atesta que a relação de trabalho entre os jogadores e os clubes é da inteira responsabilidade das partes.

Mas, compete as equipas inscrever os atletas no Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) e ao abrigo da lei efectuar as devidas contribuições.

Em relação à atribuição da pensão de reforma, o Ministério da Juventude e Desportos revelou que não há qualquer histórico de que o assunto tenha sido tratado pelo instituto supracitado.

Deste modo, o MINJUD garantiu que as declarações de Nádia Cruz não correspondem, uma vez mais, a verdade dos factos.

Assim, a protecção social dos atletas federados foi submetida em conselho de ministros, segundo a contribuição de associações desportivas.

Quanto à atribuição de residências aos atletas olímpicos, o documento ministerial esclareceu que o assunto foi encaminhado ao Ministério das Obras Publicas e Ordenamento do Território, mas com os requisitos legais exigidos para o efeito.

error: Content is protected !!