AGT espera ter superado valor previsto com a venda de 200 lotes de bens

A venda online dos 200 lotes de mercadorias diversas decorreu até às 00 horas de ontem, Domingo, numa promoção da Administração Geral Tributária (AGT)

Antes do lançamento do leilão das mercadorias em armazém no Centro Logístico Aduaneiro do Quilómetro 33, em Luanda, milhares de contribuintes estavam inscritos no portal da AGT, para participarem no mesmo.

Devido à venda, a AGT registou, numa semana, mais de 3 mil contribuintes, que juntaram aos 150 mil já inscritos no portal desde o seu lançamento.

Com este leilão, que fechou às 23h59 deste Domingo, a AGT prevê arrecadar para os cofres do Estado um valor na ordem dos 29 milhões, mas pela adesão mantem a expectativa de ter superado a previsão.

A compra decorreu no sítio na Internet https://leilaoagt.minfin.gov.ao onde interessados fizeram as melhores ofertas monetárias na busca de meios diversos, como peças de automóveis, vestuário, cosméticos, equipamentos hospitalares, maquinaria agrícola e industrial, entre outros.

Deste o anúncio do leilão, a AGT advertiu que ao leilão, o primeiro online de mercadorias organizado em Angola, estava vetada a participação dos importadores das mercadorias, despachantes e funcionários tributários.

Os vencedores dos mais variados artigos terão 48 horas para o pagamento do mesmo. Em caso de incumprimento, a comissão da AGT dará possibilidade ao segundo concorrente.

Com este leilão, a AGT pretendeu “livrar-se” das referidas mercadorias há muito em armazéns e devolver os contentores aos agentes de navegação.

“A possibilidade de obter mercadoria em estado funcional e com valor de mercado estimulou a adesão de centenas de agentes económicos no Portal do Contribuinte”, referiu uma fonte da Administração Geral Tributária.

A Administração Geral Tributária tem estado a aperfeiçoar, continuamente, nos últimos cinco anos a sua relação com os cidadãos e empresas, através das tecnologias de informação resultando numa arrecadação da receita fiscal através de tramitação processual executada integralmente no Portal do Contribuinte.

error: Content is protected !!