ONU reconhece papel de Angola na estabilidade dos Grandes Lagos

O enviado especial do secretário-geral da ONU para os Grandes Lagos, Huang Xia, reconheceu e encorajou o Presidente da República, João Lourenço, pela promoção de encontros quadripartidos sobre a região. 

Segundo o diplomata, como resultado dos encontros quadripartidos, destacou a libertação, a 07 deste mês, pelo Uganda, do último contingente de 12 cidadãos ruandeses, o que considerou “um bom gesto para a paz e estabilização da Região”. 

O embaixador Huang Xia incentivou a aposta em iniciativas africanas e reiterou a disponibilidade das Nações Unidas para ajudar e apoiar as acções para a paz, estabilidade e desenvolvimento harmonioso da região dos Grandes Lagos. 

Huang Xia considerou fundamental que os dirigentes da região encontrem soluções idênticas para a reconciliação entre o Rwanda e o Burundi. 

Huang Xia, que se reuniu, ontem, em vídeo-conferência, com o embaixador de Angola no Quénia, Sianga Abílio, convidou Angola a participar na reunião sobre os Recursos Naturais que terá lugar em Setembro próximo, em Cartum, no Sudão, bem como na conferência sobre Comércio e Investimentos, a realizar-se em Kigali (Rwanda), de 02 a 03 de Dezembro próximo. 

Integram a Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos (CIRGL) Angola, Burundi, República Centro-Africana, República do Congo, República Democrática do Congo (RDC), Quénia, Rwanda, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia, Uganda e Zâmbia. 

error: Content is protected !!