A solidariedade China-Angola reforça a parceria estratégica mais próxima

Quando Angola se esforçou num tudo por tudo para combater a Covid-19, no dia 16 de Julho, fiquei muito feliz em participar na cerimónia de assinatura do contrato de instalação do laboratório “Olho de Fogo” por via online, realizado pelo governo angolano e a BGI-China. No âmbito do acordo de cooperação, Angola construirá cinco novos laboratórios com capacidade total para testar 6,000 amostras por dia. Isso ajudará a satisfazer as necessidades das autoridades angolanas de saúde e melhor servir para a luta anti-Covid-19. De acordo com a mitologia chinesa “o olho dourado de fogo” é capaz de ver as forças ocultas camufladas, inspirando assim o projecto dos laboratórios “Olho de Fogo” que usa tecnologia sofisticada para encontrar o vírus. 

Actualmente, a epidemia de Covid-19 ainda está a alastrar-se no mundo. Sob a liderança do Presidente Xi Jinping e Presidente João Lourenço, os povos chinês e angolano estão firmemente unidos em lutar contra a epidemia, com ajuda recíproca para superar as dificuldades e combater conjuntamente o “inimigo invisível”, o coronavírus. 

No momento crítico da luta do povo chinês contra a epidemia, o governo e a sociedade de Angola ofereceram à China forte solidariedade e apoio. Na luta anti-epidêmica em Angola, o governo chinês forneceu atempadamente assistência anti-epidêmica. As empresas e comunidade da China doaram activamente financiamento e materiais para Angola, assistindo o país amigo por meio de acções práticas. A estreita cooperação entre os dois países amigáveis na luta contra a epidemia demonstra plenamente a importância da parceria estratégica China-Angola e a amizade entre os dois povos. 

Espero que a cooperação China-Angola no sector de saúde pública se torne num novo ponto positivo da cooperação bilateral para melhorar a qualidade e elevar a categoria. Por muitos anos, China e Angola têm mantido excelente cooperação no sector de saúde pública. A partir do ano de 2009, a China enviou 5 equipas de assistência médica para Angola. Mais de 70 médicos chineses prestaram serviços médicos gratuitos ao povo angolano, acumulando para mais de 200,000 consultas médicas. 

O governo chinês ajudou Angola na construção e manutenção do Hospital Geral da Província de Luanda, e no seu projecto de renovação e expansão. Com a melhoria da qualidade e eficiência, transformação e modernização da cooperação China-Angola, os dois países devem fazer esforços conjuntos para aprofundar e expandir a cooperação em saúde pública e acelerar a implementação da “Acção Saúde” nas “oito acções” da cooperação China-África, como também do mecanismo de cooperação hospitalar China-África mencionado pelo Presidente Xi Jinping na vídeo-conferência da cerimónia de abertura na 73ªAssembleia da Organização Mundial de Saúde. Vamos construir em conjunto uma comunidade de saúde China-Angola. Espero também que esta série de cooperação possa aprofundar ainda mais a amizade entre os dois povos. 

Um técnico de BGI-China, Valdemar Rodrigues Augusto Tchipenhe, angolano de 23 anos, era bolseiro do governo chinês. Ele vai regressar ao país e participar na construção do laboratório “Olho de Fogo” pessoalmente. Este jovem angolano ajudará os seus compatriotas africanos a combater a epidemia através do conhecimento que aprendeu na China. 

Ficamos muito satisfeitos que Tchipenhe chegará a Angola nos próximos dias com a equipa técnica para contribuir com a luta contra a epidemia na sua pátria. A educação muda o destino. Ao longo dos anos, o governo e as empresas chinesas forneceram muitas bolsas de estudo para estudantes de Angola a frequentar cursos na China. Muitos deles, como Tchipenhe, usaram o conhecimento que aprenderam para apoiar a construção da pátria e tornaram-se “mensageiros da amizade” entre os dois países. Esperamos que haja mais jovens talentos a serem pilares da construção nacional de Angola e pivots da cooperação de mútuo benefício entre China e Angola. 

Acreditamos que, com a cooperação China-Angola e os esforços conjuntos da equipa técnica e todo o pessoal, o laboratório “Olho de Fogo” certamente se tornará num projecto histórico da cooperação anti-epidemia China-Angola, e a cooperação Sino-Angolana no sector de saúde pública promoverá a construção em conjunto da comunidade de destino compartilhado e aprofundará a cooperação China-Angola em diversos campos. 

Gong Tao
Embaixador da China em Angola

error: Content is protected !!