Parte continental da China registra 10 novos casos confirmados de Covid-19

A autoridade chinesa de saúde anunciou, nesta Sexta-feira, que recebeu relatos de 10 novos casos confirmados de Covid-19 na parte continental da China na Quinta-feira, dos quais um foi transmitido localmente

O caso transmitido localmente foi relatado na Região Autónoma Uigur de Xinjiang, disse a Comissão Nacional de Saúde no seu relatório diário.

Não foram relatadas novas mortes relacionadas à doença no mesmo dia, informou a entidade.

Na Quinta-feira, 18 pessoas receberam alta do hospital após a recuperação, e um novo caso suspeito foi registado em Shanghai.

Até Quinta-feira, o total de casos confirmados na parte continental atingiu 83.622, incluindo 251 pacientes que ainda estão a ser tratados, com três em estado grave.

No total, 78.737 pessoas receberam alta após a recuperação e 4.634 morreram da doença, informou a entidade.

Com nove novos casos importados – quatro na província de Guangdong e um em Shanghai, Jiangsu, Shandong, Guangxi e Shaanxi cada uma, o total foi elevado para 1.998 na Quinta-feira.

Destes, 1.912 receberam alta após a recuperação e 86 permanecem hospitalizados, com três casos em estado grave. Nenhuma morte dos casos importados foi relatada. A comissão revelou que três pessoas ainda são suspeitas de estarem infectadas com o vírus. Segundo a entidade, 3.651 contactos próximos ainda estão sob observação médica depois que 46 pessoas foram liberadas de observação médica na Quinta-feira.

No mesmo dia, cinco novos casos assintomáticos, incluindo dois vindos do exterior, foram relatados no continente e nenhum caso assintomático foi recategorizado como confirmado. A comissão revelou que 104 casos assintomáticos, incluindo 79 vindos do exterior, ainda estão sob observação médica.

Até Quinta-feira, 1.655 casos confirmados, incluindo 10 mortes, foram relatados na Região Administrativa Especial de Hong Kong, 46 na Região Administrativa Especial de Macau e 452 em Taiwan, incluindo sete mortes. Ao todo, 1.254 pacientes na Região Administrativa Especial de Hong Kong, 45 na Região Administrativa Especial de Macau e 440 em Taiwan receberam alta hospitalar após a recuperação.

error: Content is protected !!