Carta do leitor: Grande Man Garras

Por: Alves de Jesus

DG querido e amigo dos seus leitores mesmo os desconhecidos e à distância, boa semana. Trato-o de DG, porque você é muito com bastante, mais que PCA e PDG da nossa banda. Agora, vamos ao grande e ilustre Man Garras, figura incontornável da nossa sociedade pela sua grandeza de cidadão, homem de história e muita cultura. O Quintas fez uma boa e maravilhosa escolha. 

O Man Garras, é para mim o sustento das viagens ao passado. O kota conhece e conhece bué de mambos e factos. O Man Garras, não pode sair do nosso convívio aos sábados na companhia do exímio Afonso Quintas. 

O programa esta apetitoso. Os das últimas quatro semanas subiram bastante de nota. Super agradável, com o Man Garras a açúcar deste o início até ao fim. O Man Garras da pinha dos seus ouvintes e admiradores que morrem de paixão por ele, é um verdadeiro angolano de histórias, como cantou o ilustríssimo Don Caetano, o padrinho na nossa intimidade. 

O Man Garras de séculos e séculos como o malogrado Man Boioio do Sambila é um angolano a todo o terreno, 8+8. De Cabinda ao Cunene e do mar ao Leste. Um Homem de ontem, hoje e amanhã, com vivências fora de série que quer ver a sua Angola vestida de bem para os seus filhos. Nem no sono quero sonhar com uma viagem ao passado na Rádio Luanda sem o grande Man Garras! Vai um kisselenguenha do kota Bonga ou um Lamecha do Luis Kalaff para encerrar? Balumuka! Acorda. Dimukeno! Fica esperto. 

error: Content is protected !!