Embaixada francesa capacita Anim’art com instrumentos musicais

A Embaixada Francesa em Angola procedeu ontem a entrega de equipamentos musicais ao Centro de Animação Artística do Cazenga (Anim’art), no âmbito de mais um aniversário da independência daquele país europeu, assinalado a 14 deste mês

Entre os equipamentos entregues constam baterias, tambores, guitarras, tumbas, piano e pratos, que servirão para capacitar o centro, na componente de formações relacionadas a música, bem como incitar a criação de uma banda.

O director Alliance Française de Luanda (Associação Franco Angolana), Paul Barascut, que procedeu a entrega dos equipamentos em representação do embaixador, disse que a ideia é fomentar a formação musical, para que os jovens com talento possam aderir, para posteriormente apresentar espectáculos.

“Formalizamos apenas o apoio que foi procedido pela embaixada. Já que as actividades culturais com público estão suspensas devido a pandemia, decidimos organizar algumas operações, como apoios na área cultural. Uma das coisas que foi decidida é trazer esse apoio como forma de doação, para o Anim’art”, esclareceu.

Cooperação

Paul Barascut realçou que referida doação insere-se num contexto maior, relacionado com o processo de cooperação entre a Alliance Française de Luanda e o Anim’art, estabelecido em 2015, que já permitiu a realização de cerca de 14 espectáculos internacionais, entre teatro, circo e concertos.

“É uma cooperação que tem sido muito rica e intensa, em que as actividades realizadas foram de grande sucesso, pela capacidade do centro, de mobilizar o seu público, que é uma coisa rara e boa para ser frisada. O centro tem uma inserção muito boa no seu bairro e é muito apreciado, que resulta na adesão das actividades aqui realizadas”, constatou.

Avançou que o principal objectivo desta cooperação é de incitar a realização de mais espectáculos, musicais e teatrais, que permitam que o centro tenha uma bilhética, para poder render e poder auto-sustentar-se.

Tal facto considera possível através da aposta em diferentes formações, como de gestão de projectos culturais, de diversos aspectos da cultura, e de língua francesa, que também são facultadas em prol da cooperação.

“Temos pessoas extremamente competentes no Anim’art. Por isso acreditamos que o centro terá uma sustentabilidade maior”, augurou.

Avançou que a parceria irá prosseguir nos próximos meses, com outras cooperações, que envolve a Alemanha, Portugal e França, em que atribuíram ajuda, para montagem de equipamentos de som e de luz.

Formações

Quanto as formações de língua inglesa ministradas no Anim’art por àquela instituição, desde o ano passado, é com o intento de num futuro próximo poder-se realizar o teatro Bilíngue, por observar à sua importância, na interacção entre os povos.

É também intenção da Alliance continuar a colaborar nos festivais clássicos da casa, como o Festival Internacional do Cazenga (FESTECA) e no Festival Internacional de Teatro para Infância e Juventude (FESTIJ), bem como em espectáculos de dança.

“Uma outra dimensão que nós temos nessa parceria é a formação dos profissionais da área cultural, que dá empregabilidade. Além disso tivemos uma experiência muito interessante, onde produzimos aqui a adaptação de uma peça francesa de sucesso em português. É uma coisa que acho que deve ser feita mais vezes, porque tem um futuro”, finalizou.

Agradecimentos

Por sua vez, a responsável do Anim’art, Gloria Silva, agradeceu a doação dos instrumentos, que considera fundamental para estimular as acções formativas, na vertente musical.

“Estamos agradecidos com o gesto, porque o nosso centro fica ainda mais capacitado, podendo assim diversificar ainda mais às suas actividades”, disse, tendo ainda referenciado que o espaço possuía alguns equipamentos, como guitarras, mas já antigas.

“Veio mesmo a calhar, porque estávamos a precisar. A Alliance é nosso parceiro. Tem apoiado as nossas actividades, principalmente o FESTECA.

Glória Silva reconheceu que a parceria com aquela instituição francesa contribuiu grandemente para o desenvolvimento do espaço, tanto das infra-estruturas, como em acções formativas, que têm capacitado o pessoal ligado ao centro.

Exibição

Saliente-se que, após recepção dos instrumentos, os alunos usaram alguns para mostrarem o seu talento. Numa actuação de mais de três horas, foram mostrados com muita euforia, vários intérpretes e instrumentistas, que frequentam o curso de música no centro do município do Cazenga.

error: Content is protected !!